quinta-feira, dezembro 23, 2004

Feliz Natal

Mais uma vez, estamos perante um Natal, onde a solidariedade e a felicidade se mistura, nada mais bonito se não fosse completamente falso. Vivemos numa sociedade onde todos andamos ao sabor do vento, da necessidade de seguir trilhos que se foram criando ao longo dos tempos, trilhos esses que levam ao puro endividamento das famílias. Compras, donações, boas vontades cobertas por obrigações (se rima é porque é verdade). Cada dia que passa sinto que o bombardeamento exaustivo das marcas e serviços existentes, leva ao descontrolo orçamental de cada um de nós, porem mesmo sabendo que isso é um risco muitos de nós, atravessam esta quadra indiferentes às consequênçias. Esta epóca natalícia que seria em outros tempos a comemoração do nascimento do menino Jesus, mas não passa nos nossos dias, da vinda do "Pai Natal" o senhor do comsumismo